Sabemos que pequenos atrasos de até 2 horas, são comuns na aviação, porém, às vezes esses atrasos extrapolam o aceitável, passando de 6 horas, o que gera ao passageiro alguns direitos.

Esses direitos são: realocação em voos de outras companhias, por via terrestre, bem como disponibilização de hotel, transfer e vale alimentação, para que a espera seja o menos traumática possível.

Ocorre que muitas vezes, mesmo com atrasos superiores a 6 horas, as companhias deixam de oferecer a assistência aos passageiros, e é aí que você deve procurar os seus direitos, bem como nos casos em que o atraso vier a lhe causar danos e/ou prejuízos, como perda do dia trabalho, reuniões, passeios, entre outros compromissos.

É importante guardar toda documentação referente à viagem, bem como os comprovantes dos compromissos perdidos, pois assim, o dano moral restará demonstrado e você poderá recorrer ao judiciário em busca de uma justa indenização por todo desgaste e má prestação dos serviços por parte da companhia aérea.