Nem sempre será possível adiar as viagens e compromissos em razão da Covid-19. Refletir sobre a conveniência de manter a viagem de avião na pandemia é importante, mas caso seja mesmo necessário, é importante conhecer as regras aplicáveis.

Viajar em voos nacionais ou para fora do Brasil é um grande desafio, mas há uma série de medidas de proteção ao consumidor que devem ser respeitadas pelas empresas aéreas. Entenda melhor como estão ocorrendo as viagens de avião neste momento de pandemia com as informações a seguir!

Quais são as medidas de segurança para viagem de avião na pandemia?

Ao precisar viajar de avião, o princípio base a se observar é a segurança!

Cada companhia aérea criou seu protocolo para o embarque de passageiros, como:

  • a medição da temperatura;
  • o distanciamento dentro da aeronave;
  • uso obrigatório de máscaras;
  • fornecimento de material de higiene;
  • sanitização das aeronaves e outras medidas para impedir que haja a contaminação por pessoas que estejam portando o Covid-19

Como evitar problemas com a passagem em viagem de avião na pandemia?

Estamos vivendo o que ficou conhecido como “novo normal”, pois há muitas mudanças e restrições para a continuidade de atividades que antes eram simples, como viagens aéreas. Em especial, quando falamos de viagens à trabalho, por exemplo, não se deve encarar como algo negativo!

Para evitar problemas e transtornos é muito importante se observar quais são as medidas que você deve adotar antecipadamente, na hora de escolher uma passagem aérea.

  • Verificar, antes mesmo de comprar a passagem aérea, qual é a situação da epidemia na cidade ou país de destino, principalmente se foram decretadas medidas de isolamento naquela localidade;
  • Se o local de destino exigir a permanecia em quarentena, procure, antes mesmo de embarcar, observar se a entrada no país de destino está sendo autorizada;
  • É possível que você, passageiro, tenha de permanecer além do tempo previsto para a sua viagem, por isso, procure evitar adquirir uma passagem aérea na tarifa econômica, pois, de acordo com as regras estabelecidas no próprio bilhete eletrônico, essa tarifa não admite a alteração de data, nem lhe proporciona o reembolso, sem a cobrança de multas;
  • Caso surja alguma dúvida, não hesite: questione o agente de viagens ou a companhia aérea antes de comprar sua passagem, pois eles são obrigados a lhe fornecer informações claras e completas sobre as passagens que vendem.

Viajar de avião na pandemia é uma questão delicada, que deve ser precedida de cuidados básicos e busca por informações. Para resguardar seus direitos como passageiro aéreo, é essencial se informar sobre tudo que envolve a viagem, condições dos locais de partida e destino e normas do bilhete de passagem. Não deixe de se comunicar e pedir informações nas agências e companhias aéreas, e evite adquirir passagens antes de ter todas as informações sobre o serviço. Assim, você garante uma viagem mais tranquila mesmo em tempos difíceis.